Conecte-se Twitter Facebook Youtube Feed
DNT Turbos
Fuel Tech Regis Racing

Velopark Series 2017 - 4ª Etapa

Velopark Series 2017 - 4ª Etapa

Data: 18/11/2017 a 19/11/2017.

Local: Autódromo do Velopark - Nova Santa Rita - RS - 402 Metros.

O Velopark encerrou com chave de ouro a temporada 2017 nos 402 metros. Um forte trabalho de divulgação e marketing muito bem aplicados resultou em arquibancadas lotadas, com direito a entrada franca. O trabalho de tratamento de pista mereceu um capítulo especial. Foi a primeira temporada completa com tratamento de pista que utilizou composto de tração importado da PJ1, trabalho liderado pelo competente Douglas Grassi. 

Sua equipe teve grande trabalho nesta 4ª e última etapa do VP Series 402 metros, visto que foram muitas quebras, fato que faz com que a pista seja novamente limpa e que se faça presente um novo tratamento após limpeza. Tudo em prol do grip, este que não envolve somente pista perfeita para tempos baixos, mas principalmente segurança. 

Outro fato a destacar na temporada 2017 foi a importância do resgate dos bombeiros e a exigência de equipamentos anti-chamas e o trabalho de vistoria rigorosa. Os bombeiros tiveram grande trabalho nesta etapa. Incêndios perigosos são fruto de muita potência e combustível em abundância. O mais grave da etapa foi o de Fabiano Peixoto que sofreu um incêndio em sua belíssima Chevy TTB. O incêndio foi tão grave, que derreteu os flexíveis de freio e obrigou o piloto a reduzir a velocidade na marcha. Como o fogo estava entrando pelo buraco do assoalho onde passa a alavanca, o piloto sofreu queimaduras graves somente na mão. 

Outro grande susto foi a explosão do motor de Sabrina Lorene, Gol DTA Teruo Motorsports. Não houve excesso de pressão. O preparador acredita que a fadiga do material causou a explosão. Pelas imagens do parceiro HotCampinas, é possível ver o fogo entrando pelas aberturas do assoalho de forma severa! A frente do carro ficou totalmente destruída e Sabrina não sofreu absolutamente nenhuma queimadura, somente o imenso susto. 

Tirando os incidentes graves e as diversas quebras de motores que atrasaram o desenrolar da prova, contamos com uma super e disputada etapa. Mesmo superado na puxada final contra Caca Daud, o Chevy Nova projetado e construído pela Speed Unlimited e pilotado pelo experiente Jader Krolow andou na casa dos 6s7 e mostrou que deverá ser a pedra no sapato de Caca Daud, atual recordista na casa dos 6s6. 

Destaques

Pela Dianteira Turbo C (DTC), Nathan Nangoni bateu o seu próprio recorde que perdurava desde a final de 2016. Pela Serro Motorsports cravou 10s588. Mesmo com o recorde, a vitória no mata mata ficou para Fabiano Bortoncello, equipe Motor Point. 

Pela Força Livre Dianteira (FLD), João Roberto Tasso baixou a sua própria marca. Pela equipe Sapinho Câmbios, cravou o tempo de 7s779. A equipe trabalhou duro no sábado, quando tiveram que trocar câmbios que estavam sendo testados. É fato que os carros da equipe são verdadeiros laboratórios. 

Na Força Livre Traseira (FLT), Brayan Gabardo fez o que todos esperavam. Com muita consistência na pilotagem e assessorado pela competente Julieta Competições, o piloto paranaense baixou a sua própria marca para 7s641. 

Pela Pro Mod (PM), Roderjan Busato também baixou a sua própria marca! Pela equipe Speed Unlimited, cravou 5s846 e passou nos 402 metros a estúpidos 380 km/h. Perdeu no mata mata contra seu companheiro de equipe, Jader Krolow, o verdadeiro calo no sapato de Roderjan! Fabio Costa também competiu com seu Camaro pela equipe e sofreu um forte golpe de ar no final da reta que fez com que o brinquedo raspasse gravemente no muro. 

Outro destaque foi o recorde de Israel Fontanella, equipe Julieta Competições. O Opala aspirado do catarinense protagonizou empinadas lindas e cravou o tempo de 9s786. 

O Velopark elevou o nível da arrancada brasileira para um novo patamar. Transmissões ao vivo multicameras feitas pelo HotCampinas, transmissão ao vivo do próprio Velopark dentro da pista, ações junto aos pilotos que foram brindados com uma competição no kart no sábado a noite e o alto nível da locução de Gefferson Kern fizeram com que tivéssemos uma final que é uma prévia de que a temporada 2018 será sensacional. E a Autodynamics novamente estará lá. Ainda este ano acontece a final do gaúcho e VP 201 metros entre os dias 16 e 17 de dezembro, competição que terá cobertura completa da Autodynamics. Saiba mais em nossas redes sociais e confira tudo no Jornal Autodynamics AO VIVO de sexta feira, dia 24/11 em nosso canal no Facebook. Para acessar, clique www.facebook.com/RevistaAutodynamics.

Nossa equipe trabalhou muito no Velopark com Edmar Salgueiro Júnior, Pedro Lessa e Rodrigo Vieira. O trabalho você confere nas fotos, vídeos, jornal e na revista Autodynamics Nº 52 que será publicada em dezembro só com grandes destaques. 

Até 2018, Velopark!

Texto: Rodrigo Vieira Fotos: Edmar Salgueiro Júnior, Pedro Lessa e Rodrigo Vieira.

Mais informações em www.velopark.com.br / www.facebook.com/Velopark.


Esta cobertura tem o apoio de:


--

Esta cobertura é um oferecimento de:

www.halltechracing.com, www.fueltech.com.brwww.nitrometano.com.br

www.ceramicpower.com.brwww.dntturbos.com.brwww.metalhorse.com.br

www.racerxshop.comwww.voltperformance.com.brwww.lotse.com.br

www.grilopneus.com.brwww.facebook.com/bfcambios


Campeões da Etapa/Evento

Compartilhe com seus amigos:
Share

« Voltar